Nunca lhes é permitido voltar a si mesmos; se alguma vez, por acaso, algum sossego os toca, eles se agitam como se em alto-mar, em que depois do vento ainda há turbulência, pois seus desejos nunca lhes dão repouso.

Sêneca

As almas cativas jamais pensam em Deus. Se têm um tempo livre, logo se entregam à fofoca e à conversa fiada, ou fazem coisas sem necessidade. Se você pergunta a um deles a razão, ele responde: ‘Ah, é que eu não consigo ficar parado, então resolvi fazer essa cerca.’ Se o tempo custa a passar, talvez comecem a jogar cartas.

Sri Ramakrishna