Quando você olha para algo, o que você vê é o Absoluto, mas você imagina que vê uma nuvem ou uma árvore. Aprenda a olhar sem imaginação, a ouvir sem distorção, isso é tudo. Pare de atribuir nomes e formas ao que, essencialmente, é sem nome e sem forma. Dê-se conta de que todos os modos de percepção são subjetivos, que o que é visto, ouvido, tocado ou cheirado, sentido ou pensado, esperado ou imaginado está na mente, e não na realidade, e você então terá paz e será livre de medo.

Nisargadatta Maharaj

Com frequência, um cavaleiro, se não deseja ver-se separado do cavalo, é obrigado a conduzi-lo onde este que ir, da mesma maneira o ego tem o hábito de transformar em ação a vontade do id, como se fosse sua própria.

Sigmund Freud