Eu sou Aquilo

Antes de poder começar a ser o que é,
Você precisa deixar aquilo que não é.

Você não é aquelas velhas opiniões,
Aqueles pensamentos móveis,
Aqueles sentimentos mutáveis,
Aquele ego separado.

Muito bem, então, o que é você?

Quando tiver deixado de lado
O que não é, você verá que
Os pássaros nas árvores
Estão cantando para você:
— Eu sou Aquilo.
Que a água no riacho
Borbulha para você:
— Eu sou Aquilo.
Que o sol e a lua são como
Faróis brilhantes para você:
— Eu sou Aquilo.

E você verá que está
Em tudo o que há no mundo,
E que tudo o que há no mundo
Está em você.

(Poema de Shantanand Sarasvati, lido por Rupert Spira)